Etiquetas desenhadas para desaparecer: saiba o que isso significa!

A sustentabilidade nas etiquetas: saiba quais as inovações na área da rotulagem

A sustentabilidade nas etiquetas: saiba quais as inovações na área da rotulagem!🧐

A etiquetagem está a levar o crescimento sustentável para noutro nível com as etiquetas ecológicas! Tudo isto resulta da pressão dos consumidores que procuram materiais mais sustentáveis. Dentro deste grupo de produtos podemos destacar dois tipos principais: as biodegradáveis e as biodegradáveis + compostáveis.



Mas afinal, o que significa ser biodegradável ou compostável? E quais as suas principais diferenças? Venha com a Etiprint e descubra tudo sobre estes materiais:

  1. Biodegradável

Ser biodegradável significa que o material da embalagem é feito à base de alternativas mais ecológicas (exemplo: feito a partir de plantas ao invés de petróleo) e irá desfazer-se e degradar-se completamente, voltando à natureza. Isto acontece dentro de um determinado período de tempo (dependendo do material e das suas condições) sem que exija um tratamento especial.

No geral, as marcas que optam por materiais biodegradáveis contribuem para um ambiente mais seguro, saudável e limpo, ajudando a evitar a acumulação de resíduos nos aterros sanitários. No entanto, não significa que ser biodegradável, seja automaticamente compostável, isto é o produto pode degradar-se e não ser necessariamente seguro para o planeta.

  1. Compostável

Este tipo de material volta para o solo e desaparece quase totalmente em composto. Para além disso, liberta nutrientes valiosos para o solo e contribui para o crescimento das plantas e árvores.

Este composto poderá ser utilizado para vários fins, nomeadamente: pilhas de composto caseiras ou industriais, adubagem ou como material condicionador do solo. Estes produtos requerem a sua devida separação para um processamento próprio, tal como todos os materiais. Outra particularidade é que os materiais compostáveis não devem ser reciclados, pois são processos distintos.

Mas, como podemos saber se um produto é compostável? Para reivindicar a compostabilidade de um produto, este tem de passar por testes rigorosos de terceiros para desintegração, biodegradação e não toxicidade, conforme descrito na norma EN 13432:2000 (saiba tudo sobre esta norma aqui). Esta certificação é conferida através de um logótipo que indica que o produto será “adequado para compostagem”.


Não está convencido que o sustentável é o caminho a seguir?

Pois bem, segundo um estudo levado a cabo a consumidores de várias faixas etapas relevou que 75% das pessoas estava disposta para pagar mais 10 – 25% por um produto cuja embalagem é sustentável.

Na Etiprint, o nosso foco está no desenvolvimento de materiais que, não só vão de encontro aos objetivos sustentáveis, mas também oferecem uma excelente performance de aplicação em todo o tipo de ambientes, desde o alimentar à logística.

Apesar de tudo, é importante reter que estas soluções não são desculpa para o desperdício de lixo de forma inconsciente. Ambas as soluções ajudam a dar resposta aos requisitos mais exigentes dos consumidores no que é relativo às soluções sustentáveis, aliado ainda ao facto de responderem às exigências legais relativas aos aterros sanitários e rótulos sustentáveis.

Ficou curioso por saber como poderá implementar o crescimento sustentável nos seus rótulos? A Etiprint está deste lado para o ajudar!

Entre já em contacto connosco e descubra tudo sobre as etiquetas biodegradáveis e compostáveis!

We stick together. Label experts.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


Comentário


Nome

Email

Url